Loading...

Como evitar sua mente de te impedir de melhorar

Lembre-se: a mediocridade é extremamente confortável. A ambição, o sucesso e a felicidade precisam de esforço. Se esforce.

2
460

O cérebro humano é uma das máquinas mais poderosas e impressionantes que a natureza já criou.

Em termos biológicos, é o principal motor da sua vida e o motivo pelo qual você se alimenta, corre atrás dos seus sonhos e, essencialmente, faz qualquer coisa que faz no seu dia a dia.

Loading...

Ainda assim, essa máquina tão poderosa tem algumas falhas.

Essas falhas muitas vezes são o que nos impede na hora de alcançarmos o próximo estágio das nossas metas. Independente de quais sejam elas.

Seja passar em um concurso importante, ser promovido no emprego, acordar para malhar todos os dias ou simplesmente ser a pessoa que desejamos ser no futuro.

Nosso cérebro tem mecanismos e formas de impedir o nosso aperfeiçoamento. Essa sabotagem não ocorre propositalmente, mas sim porque se trata de um reflexo natural do cérebro em manter as coisas do jeito que elas estão.

Existe um motivo pelo qual gostamos tanto das nossas zonas de conforto. Infelizmente, para alcançarmos certos objetivos precisamos sair delas e entrar numa jornada árdua, porém inimaginavelmente recompensadora, de auto aperfeiçoamento.

Sua mente vai lutar contra, por isso você precisa se preparar.

Para isso, separamos alguns truques que sua mente prega em você e, por fim, apresentamos maneiras de lutar contra eles! Confira só:

Ela interpreta qualquer forma de crítica como um insulto

Um dos maiores medos que temos como indivíduos é compartilharmos alguma criação nossa que seja verdadeiramente sincera e ela não ser aceita pelos demais.

Temos o impulso pela criação e o desejo de trazer coisas novas para o mundo. Criar coisas novas para as outras pessoas que vivem com a gente.

Assim, principalmente por causa desse medo, nossa mente encara qualquer tipo de crítica ao nosso trabalho como um insulto pessoal.

Nós precisamos da crítica. Ela é o primeiro passo para iniciarmos o caminho da melhora. Se não soubermos como ouvir e assimilar os feedbacks das pessoas que nos amam, dos nossos colegas de trabalho ou, essencialmente, de qualquer pessoa, ficaremos estagnados para sempre.

Comece a reparar qual o seu padrão de comportamento quando lhe criticam. O primeiro instinto é se defender, se justificar, e ele já deve ser imediatamente suprimido. Jamais reaja no calor do momento, principalmente se for algo que perturbe seu emocional.

Diga para o dono da crítica que vai precisar de um tempo para assimilar direito o que você ouviu e que vai retornar para conversar com ele no futuro.

Mas realmente retorne, não deixe a crítica entrar por um ouvido e sair pelo outro.

Ela está constantemente reinventando sua própria história

Todos nós estamos sempre criando narrativas ao longo da nossa vida para justificar escolhas e comportamentos.

Nossa personalidade, o que nós gostamos, com o que trabalhamos, nossos hobbies, entre outras coisas. Tudo isso nós estamos constantemente nos esforçando para encaixar dentro do que acreditamos ser uma história coerente da nossa vida.

É um artifício da nossa mente em interpretar a realidade como um filme em que somos sempre o protagonista. Ele é extremamente benéfico para a formação do nosso retrato particular do que realmente somos.

Mas, também, guarda os seus aspectos negativos quando estamos tentando melhorar algumas das características desse retrato.

Digamos que você tenha acabado de ser demitido de um emprego. Embora parte do motivo para essa demissão tenha sido mesmo provocada por alguma implicância do seu chefe, você também teve culpa no cartório.

Nossa mente tem muita dificuldade em identificar esses aspectos que estão sob nossa responsabilidade. Em pouco tempo a narrativa da demissão se torna a história de como um chefe babaca te perseguiu até a demissão e você não teve nada com isso!

Acontece que logo em seguida você entra em um emprego novo e, incapaz de reconhecer seus pequenos erros, corre o risco de ser demitido novamente em pouco tempo.

Não há processo de aprendizagem! É preciso treinar sua mente para o mindset do aperfeiçoamento.

Ela foca em agredir o mensageiro em vez de tentar assimilar a mensagem

Quando é confrontada com alguma dura realidade, nossa mente prefere atacar quem está tentando nos ajudar do que encarar a si mesma e procurar uma solução.

Se um colega do trabalho chegar para você e te aconselhar a perder menos tempo com tarefas irrelevantes do escritório e ser mais produtivo dentro da sua real função, sua primeira reação comumente é:

“Quem ela pensa que é? Mês passado tive um desempenho muito melhor que ela, esse mês não será diferente”.

Nos tornamos rivais de qualquer pessoa que tente corrigir algo que estamos fazendo confortavelmente.

Isso impede que assimilemos os feedbacks necessários e rapidamente se torna uma forma do nosso cérebro impedir nossa melhora!

Qual a solução?

Lembre-se: a mediocridade é extremamente confortável. A ambição, o sucesso e a felicidade precisam de esforço. Se esforce.

Além disso, tenha coragem.

Outro pensamento confortável é que ninguém jamais poderá te criticar se você nunca criar nada nessa vida.

É muito mais fácil criticar e diminuir o esforço dos outros do que dedicar suor, trabalho e tempo da sua vida em construir algum legado significativo.

Estamos cheios de exemplos ao nosso redor de pessoas negativas que, em vez de criar e construir, passam a vida inteira desgostando das coisas. Criticam a novela que você gosta, o filme que você vai assistir, a música que escuta.

E, além disso, fazem outras coisas muito piores: criticam aquilo que você constrói, aquilo que você batalhou para criar.

Mantenha sempre em mente o mantra do crescimento e da aprendizagem. Seja melhor do que essas pessoas são e trabalhe efetivamente contra os impulsos instintivos de proteção da sua mente.

Saia da zona de conforto, aceite conselhos e agradeça qualquer crítica construtiva que você receber. Lembre-se que seu cérebro vai lutar de todas as formas para impedir as mudanças, mesmo que as mudanças sejam positivas para você no longo prazo. Trabalhe conscientemente contra a sabotagem dele.

Por fim, mentalize quem você quer ser no futuro e tenha a compreensão de que essa pessoa só estará lá se hoje você se esforçar bastante para atingi-la.

2 COMENTÁRIOS

Comentários