Loading...

Você conhece todos os seus hábitos?

Se você tem um hábito ruim, ele está sempre ali à espreita, esperando as deixas e recompensas certas.

0
205

Você já parou para pensar sobre os seu hábitos? Não aqueles ruins como comer doces demais ou passar muito tempo assistindo séries na Netflix.

Todos os seus hábitos mesmo, o que faz ao levantar, como resolve seus problemas, o caminho que faz para o trabalho ou até mesmo em que costuma gastar o seu dinheiro.

Por que pensar em meus hábitos?

Loading...

Sabe aquele momento que você senta na frente do computador e já abre seu e-mail ou Facebook? Depois se lembra que nem era isso que queria fazer, você queria ver um endereço no Google Maps ou apenas pagar um boleto rapidinho.

Ou aquele outro momento em que você está fazendo suas compras, leva uma listinha com anotações de tudo que precisa, mas compra várias coisas que nem estavam nela.

Tudo isso são hábitos, são ações que realizamos tantas e tantas vezes ao longo de nossa vida que passam a ocorrer de forma automática, nosso cérebro praticamente nem é usado para realizá-las.

Quando você tem hábitos é quase impossível deletá-los, simplesmente para de fazer algo. Só que é possível mudar, adaptar tendo apenas um objetivo.

Mas Carol, que formações ou experiências que você tem no assunto para estar aqui falando disso?

Bom, eu sinceramente não tenho, mas essa semana terminei de ler o livro “O Poder do Hábito” de Charles Duhigg, um repórter estadunidense que trouxe exemplos incríveis sobre o assunto em seu livro, que possui 79 páginas apenas explicando de onde todas as histórias foram tiradas, as suas fontes.

Acredito que tenha bastante embasamento, não é mesmo?

O que esse livro mostra de verdade?

Se eu parasse para fazer uma análise completa do livro, possivelmente ficaria com o dobro de páginas, mas focando um pouco mais ele trata sobre:

O Loop do hábito, como criar novos hábitos e a força de vontade.

A cada capítulo são diversas histórias de superação, de resolução de problemas, de lucros gigantes, de crises e até ações do governo, tudo com uma coisa em comum: O objetivo de mudar um hábito que acabou fazendo toda uma escala de mudanças.

O mais legal é que a linguagem é super simples, aquela leitura prazerosa que é útil tanto para a nossa vida pessoal, quanto para como a nossa empresa funciona.

O que é o loop do hábito?

Como explicar tudo levaria muito tempo, vou explicar o ponto base, o foco principal do livro inteiro, o loop do hábito.

O loop do hábito explica como os nossos hábitos funcionam, com uma deixa, ação e recompensa e o que isso acaba causando em nosso cérebro.

Dê uma espiada no exemplo da imagem:

O livro contou sobre um experimento com um rato, nesse experimento eles passavam por um túnel em formato de T, no qual um dos lados tinha um pedaço de chocolate.

No início o rato demorava bastante para achar o chocolate, mas quando ele encontrava o cérebro entrava numa atividade intensa pela recompensa recebida.

Conforme foram repetindo a situação o rato passou a encontrar a recompensa cada vez mais rápido, ignorava o outro lado do túnel e ia direto para o chocolate.

Quando isso acontecia logo que ele era posto no túnel, que dava o som de “clique” para ele correr, seu cérebro entrava em intensa atividade, ele passou a antecipar as emoções da recompensa. Ele já sabia que comeria o chocolate naquele momento.

Esse experimento mostrou exatamente como funcionamos, para o rato passou a ser automático correr para o chocolate, ele não ficava parado ou com medo pois já sabia o que aconteceria.

“Se você tem um hábito ruim, ele está sempre ali à espreita, esperando as deixas e recompensas certas. Isso explica por que é tão difícil criar o hábito de fazer exercícios, por exemplo, ou de mudar nossa alimentação. Uma vez que adquirimos uma rotina de sentar no sofá em vez de sair para correr, ou de fazer um lanchinho sempre que passamos por uma caixa de donuts, esses padrões continuam para sempre dentro das nossas cabeças.”

Relacionados: Top 6 chaves essenciais para garantir o seu desenvolvimento pessoal

Como posso usar essa informação?

Quando você tem um hábito que quer mudar, a primeira coisa é passar a observar ele. Descobrir qual é a sua deixa, o que sempre antecede o hábito?

Outro exemplo foi o de uma menina que roía as unhas, ela descobriu que fazia isso a cada vez que ficava entediada.

Assim quando identificou isso passou a bater os dedos, apertar as mãos ou cruzar os braços. Ações que a distraiam do tédio e que se tornaram um hábito no lugar de roer as unhas.

A segunda coisa que você deve fazer, após descobrir sua deixa, é criar um objetivo, algo bem específico para mudar seu hábito.

Tendo seu objetivo você terá muito mais chances de realmente mudar a sua vida. Por exemplo, se você quer se tornar uma pessoa mais ativa e saudável, precisará por como meta como fará isso. Exemplo:

Eu vou acordar todos os dias às 06:30, caminhar até o mercado Walmart e voltar para casa para me preparar para o trabalho.

Definindo seu objetivo e exatamente como irá realizá-lo, você consegue mudar uma grande quantia de hábitos que você nem sabe que possui em sua rotina.

Indico esse livro para todos mesmo, é uma nova visão de como a nossa própria vida funciona. E antes que apareça alguém (como eu) que não gosta de autoajuda, fique tranquilo, não é esse tipo de livro.

São coisas mais reais e algumas vezes um pouco inacreditáveis por tão drásticas que foram.

E você, conhece todos os seus hábitos? Existe algum que você gostaria muito de mudar? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

.  .  . 

Se você ainda não está ingressando na comunidade do Afiliado Rico (WA), não sabe o que está perdendo. Você segue isso diariamente, sua vida vai mudar muito rapidamente.

Pronto para atualizar?

Clique aqui para participar agora mesmo!


Você está convidado a se juntar ao nosso grupo no Facebook, Escola do Legado para discussões e citações poderosas!

Comentários