Loading...

Como impulsionar o seu negócio através de Ads: Facebook, Instagram e LinkedIn

0
62

Para quem já conhece bem o Marketing Digital, criar campanhas para divulgar algum produto ou serviço no mundo online faz parte da rotina de trabalho. Pensando em eficiência, leva-se em consideração a criação das mesmas através de Ads, uma pequena abreviação da palavra Advertising – que significa anúncio, na língua portuguesa.

Anúncios são recursos que fazem parte da família do Outbound Marketing que, junto do Inbound Marketing, formam um excelente conjunto de estratégias do já comentado marketing digital. Diferente do Inbound, que é geralmente construído de forma orgânica nas mídias sociais, o Outbound Marketing é uma estratégia que demanda mais investimento financeiro e de tempo, mas que pode usar os mesmos canais de comunicação e de práticas para suas execuções.

Loading...

A grande diferença de uma estratégia para a outra é a seguinte: enquanto o Inbound Marketing tem o objetivo de atrair e fidelizar clientes, de criar uma necessidade no público-alvo que o vincule à sua marca (trazendo a possível resolução de seu problema), o Outbound pretende alcançar uma venda direta e precisa.

Pela urgência momentânea, este último se faz valer de investimento para os anúncios, que devem alcançar o público e fechar negócio imediatamente. Outbound, portanto, nada mais é do que a prática de ir atrás ativamente do cliente. E as mídias sociais possuem seus próprios sistemas para execução dessa estratégia, conhecidos como Ads. As ferramentas de Ads proporcionam a exibição de anúncios para os usuários dentro das páginas das redes sociais.

Essas ferramentas trabalham com o comportamento dos usuários, analisando o conteúdo que por eles é consumido, para entregar anúncios que tenham a ver com ele baseando-se nas páginas visitadas, nas palavras pesquisadas e até mesmo o tempo em que se gasta com essas redes sociais. Isso significa que os anúncios podem ser segmentados por público, o que eleva as chances do seu negócio em atingir pessoas compatíveis com a venda que você deseja fazer. Ou até mesmo levar usuários para realizar downloads, visitar sites, reconhecer a autoridade da sua marca etc.

Acompanhe, a seguir, como criar anúncios nas três principais redes sociais que ofertam essa ferramenta: Facebook Ads, Instagram Ads e LinkedIn Ads.

Facebook Ads

O Facebook permite a criação de diferentes tipos de anúncios, cada um com um objetivo para a sua estratégia de Marketing Digital. Se o que você precisa é gerar tráfego e conversões, o ideal é criar anúncios que levem direto ao seu domínio, página no Facebook ou landing page. Mas se a sua estratégia é gerar leads e vendas, você pode apostar em anúncios de carrossel ou coletar leads diretamente com eles.

Existem várias outras opções, alinhadas com diferentes tipos de objetivos, e para criá-los você pode usar uma ferramenta chamada Power Editor. Ela é que gerencia múltiplos anúncios na plataforma, organizando campanhas, anúncios e conjuntos de anúncios. Para quem deseja fazer anúncios pontuais, o mais indicado é trabalhar com o Ad Center, que nada mais é um agrupador de publicidade – trazendo mais fluidez e facilidade para sua rotina de trabalho.

Ainda é possível acompanhar, depois do anúncio ser publicado, as métricas que têm mais a ver com os seus objetivos. A ferramenta do Facebook disponibiliza uma espécie de Analytics, para que você confira ali mesmo os resultados dos seus investimentos: Custo por mil impressões (CPM), Click-through Rate (CTR), Custo por clique (CPC), entre muitas outras métricas que podem ser acompanhadas e configuradas de acordo com sua vontade.

Instagram Ads

A plataforma de anúncios do Instagram é a mesma do Facebook, o Power Editor, mas com algumas limitações. Os posts só podem ser construídos em formatos de vídeo, foto e carrossel de imagens, que são os tipos de post compartilhados na rede social. Com os anúncios, é possível levar o usuário para um outro domínio, como landing pages ou sites, ou até mesmo para fazer downloads – tudo diretamente da foto ou vídeo postado.

É importante frisar que, no Instagram, apenas através de anúncios é possível levar os usuários para um outro domínio. Links não são permitidos em postagens convencionais, portanto, se a sua estratégia é gerar tráfego ou leads, você terá que optar pela criação de um anúncio. Fique de olho também nas especificações: o Instagram estabelece alguns limites e regras para criação do anúncio, como no limite do uso de caracteres, texto de descrição, tamanho da imagem, etc.

O Instagram também possibilita a segmentação de público. Se você deseja que apenas pessoas de determinada idade, gênero, localização e interesses sejam impactadas pelos seus anúncios, é possível configurá-lo para que ele seja direcionado somente para esses usuários. Prático, não?

LinkedIn Ads

O LinkedIn é uma ótima rede social para criar anúncios, já que o público que a frequenta já é segmentado. Diferente do Facebook e do Instagram, que são redes voltadas para o público geral, o LinkedIn é voltado para aqueles que fazem parte de empresas e negócios ou se interessam pelo assunto. Os perfis dos usuários na rede também possuem informações valiosas para direcionar assertivamente os seus anúncios.

A rede é usada, principalmente, para a comunicação entre empresas e profissionais. Recentemente, tem sido muito usada para comunicações corporativas, atualizações sobre as novidades do mercado e um ótimo lugar para seguir grandes líderes profissionais e personalidades corporativas que você admire. Por isso, se essa segmentação faz sentido para o seu negócio, apostar em anúncios no LinkedIn é uma ótima oportunidade de gerar resultados.

O LinkedIn também possui uma ferramenta de gerenciamento de campanhas, assim como o Facebook e o Instagram. É possível criar anúncios em formatos como Sponsored Content, Text Ads e Sponsored InMail. Além de, é claro, acompanhar as conversões da sua campanha, através de mecanismos bem parecidos com os do Power Editor.

Agora que você sabe a importância de trabalhar anúncios nas mídias sociais, é hora de colocar a mão na massa, aprofundar-se no assunto e impulsionar o seu negócio! Indicamos que todos tenham essa carta na manga e busquem pelo melhor modelo de rede social de acordo com sua empresa para que, dessa forma, o resultado seja além do esperado. Para quem deseja saber mais sobre a prática de Ads e aprender a utilizar ferramentas como o Power Editor, a criar estratégias de conteúdo para o Facebook e a gerenciar e otimizar campanhas utilizando relatórios personalizados, aprofundem-se em cursos específicos da área. Bons estudos e bons negócios!


Posts mais recentes

Comentários